SAIR SOZINHA

fevereiro 16, 2019
 
Esse texto já estava meio escrito, mas eu apaguei ele inteiro e comecei de novo, simplesmente porque nos últimos dias percebi que o que estava escrito aqui não representava a verdade.

Eu não tenho problema nenhum em sair sozinha. Vou no cinema, já viajei, fui em museu, show, e sempre que eu quero muito fazer alguma coisa, eu vou sozinha mesmo. O problema é que talvez isso, ao contrário do que é para a maioria das pessoas não é um ato de independência, mas sim um ato de isolamento. É como se eu fizesse isso para não ter que encarar o meu real problema.

Tive essa conversa com a minha psicóloga essa semana, e vamos ver se eu consigo explicar para você.

Eu vivo em um looping infinito de achar que as pessoas não gostam de mim, ou de acreditar que eu não posso incomodar as pessoas pois elas tem coisas mais importantes para fazer do que saírem comigo. Exatamente isso que você leu, no meu cérebro, convidar qualquer pessoa para fazer qualquer coisa que eu queira é incomodar. E isso me faz cair em um problema terrível que eu não consigo manter meus amigos por perto, o que é doloroso às vezes, e me deixa bem chateada.


O mais engraçado é que justo essa semana (depois da pior crise que eu tive desses pensamentos que me fez chorar por 40 minutos no carro), eu li um texto falando sobre como nessa época em que estamos tão próximos estamos ao mesmo tempo cada vez mais isolados. Olha só eu aqui, escrevendo para pessoas que nem conheço que vão se conectar com esse texto, mas talvez, não comigo.

E para coroar toda essa história, apesar de eu ter começado falando que eu não tenho problema em sair sozinha, as vezes ir sozinha para lugares que eu serei que terão conhecidos é muito horrível também. Resumindo, eu cresci e me tornei péssima em relações sociais. Todas elas. Eu me autodeprecio o tempo inteiro, e vivo nessa bolha terrível de não incomodar as pessoas. E o pior de tudo é que não é como se eu não tivesse amigos, e nem como se eles fossem péssimos. É horrível saber que a culpa de uma situação é só sua.


Nem sei direito como terminar esse texto, eu só precisava colocar isso pra fora, tornar concreto. Espero que quando eu falar de novo sobre esse assunto seja para te contar como eu superei e fazer disso algo inspirador e motivacional, no momento vai ser só isso mesmo! Até mais!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.